Tailândia - Railay Beach



Dicas

  • Aumente o volume e assista o vídeo de Railay Beach
  • Siga o Viajando no insta e no face para ter acesso à mais fotos de Railay
  • Faça o passeio Four Island

  • Compre os passeios e traslados nas agências de viagens e não nos hoteis

  • Alugue um Caiaque e vá explorar lugares como Phra Nang

  • Evite comprar souvenirs lá, você consegue encontrar mais barato em lugares como Bangkok

  • Passe repelente antes de subir o View Pint


Railay é linda! Tem sua paisagem típica tailandesa: Limestones super altos e o mar é verde esmeralda. Devido à sua formação rochosa ela é muito procurada por escaladores de todo o mundo. Aliás, existe um tipo de turismo de escalada mesmo para quem não tem muita prática no esporte

Apesar de ser pequena, Railay possui diversas atrações. Se você tiver tempo sugiro ficar ao menos uns 4 dias na praia, vale muito a pena. Infelizmente não tivemos todo esse tempo então corremos para fazer tudo o que queríamos.





Como Chegar

Railay não é uma ilha, mas sim uma praia situada na região de Krabi. O detalhe é que o único meio possível de chegar lá é de barco através dos piers. E barco entenda por Longtail, muito famosos por lá. Existem horários específicos de saída do píer. O trajeto do píer até a praia leva cerca de 10 minutos e nos custou 200 Bahts por pessoa (O equivalente à R$20)


Krabi possui aeroporto. Ou seja, se você chegar na Tailândia pela sua capital, Bangkok, para chegar lá aconselho você antecipadamente procurar voos internos de Bangkok para Krabi. Eles são bem comuns nas empresas aéreas locais, como por exemplo a Air Asia ou Bangkok Air Lines.


O que fazer

  • Passeios

Em Railay tem algumas agências de viagens onde oferecem diversos passeios. Tem opção de fazer o Four Island (foi o que fizemos), pontos de Snorkel, Koh Phi Phi, Maya Bay, entre outros. Então mesmo o lugar sendo pequeno você tem opção de diversos passeios pela região que é muito bonita.

  • Four Island

Foi o passeio mais lindo que fizemos na vida até hoje! É um passeio com começa em Phra Nang (do ladinho de Railay), depois passa na frente da Chicken Island, depois Poda Island (Linnnnda!!!! Poda é simplesmente incrível) e termina passando em um lugar onde a maré baixa e há uma junção de três ilhas com bancada de areia. Muito lindo. Como foi o nosso primeiro passeio, não tínhamos as manhas e compramos no hotel. Pagamos 800 Bahts/pessoa (R$80) , se estivéssemos comprado na agencia de viagem pagaríamos 500 Bahts/pessoa (R$50). O passeio inclui almoço em Poda Island, equipamento pra snorkel e bebidas não alcoólicas. Recomendamos demais esse passeio. Vale muito a pena.







  • Caiaque

Por 200 Bahts/hora (R$ 20) ou 300 Bahts/2 horas (R$30) você pode alugar um caiaque duplo e explorar a ilha. Pegamos o caiaque e fomos pra Ao Phra Nang. Lugar lindo e também muito conhecido pela sua Phra Nang Cave. O lugar é conhecido como um espécie de templo da fertilidade. Lá você encontra muitas oferendas de pessoas que querem engravidar, e a escultura mais comum encontrada na caverna é uma escultura  de… pinto! Isso mesmo… lá você vê uma montoeira de pintos de madeira por todos os lados, de vários formatos e cores. Mas não se preocupe, não é nada ofensivo é apenas a forma deles pedirem aos deuses da fertilidade que os ajudem a ter filhos. Em Phra Nang também é possível ir em uma ilha que tem na frente no final da tarde quando a maré baixa. Você pode chegar nadando, ou vá mesmo com o seu caiaque. No vídeo do início do post possui algumas cenas do nosso passeio esportivo! Outra atração e recomendamos muito!




  • Pôr do sol

Ah, o pôr do sol em Railay é simplesmente um show a parte! Que cena linda ver o astro maior pousar entre rochas incríveis e aquele oceano verde esmeralda na sua frente. Esse é um evento gratuito e muito famoso por lá. Muito comum ver as pessoas com cangas na areia assistindo o show do sol todo final de tarde. E para completar a paisagem os longtails param na frente da praia… nossa que saudade da Tailândia



  • Point View

Não é uma trilha, nem um tracking. Está mais para uma escalada mesmo! Hahaha Mas vale muito a pena. Saímos um dia de manhã e fomos à procura da “trilha” que nos levava para o view point. Fomos em direção por onde o mapa e as pessoas nos indicavam. Atravessamos a praia e nada… não achávamos a trilha… até que nos deparamos com uma subida de barro e chegamos à conclusão que era lá. Não é nada impossível de subir, mas é preciso ter bastante cuidado porque você pode se machucar. E quando você chega lá, você vê que valeu toda a subida. A vista é de tirar o fôlego, pois o lugar já é incrível vendo de baixo, imagina de cima. Não precisa de nenhum equipamento especial para subir, fomos de roupa de praia mesmo e chinelo. Ah, e por favor não esqueça de levar repelente. Eu acabei não passando, e olha só o que fizeram com as minhas costas...





Onde Ficar

 Existem algumas opções de onde ficar em Railay. Nós optamos por ficar no hotel Railay Village Resort & Spa. O hotel não foi um dos mais baratos, mas era tudo excelente. Café da amanhã pezinho na aeria de frente pro mar e o quarto era ótimo também. Como de costume tailandes, todos os dias tinha duas garrafas de água de cortesia à nossa disposição. Recomendo muito esse hotel. Lá também tem um hotel chamado Ravayadee. Esse hotel nos pareceu ser o mais hotel do lugar e também o mais sofisticado. Nada de muito chique, mas valorizando a localização e cuidado no hotel. A praia é bem pequena, então qualquer hotel que você pegar fica muito fácil de vocês acessar qualquer lado que quiser durante o dia.



E assim acabamos a nossa história em Railay Beach. Como vocês puderam ver no post, o lugar é incrível! Quando estiver planejando sua viagem para o sul da Tailândia considere entre 2 a 4 dias completos em Railay, vai valer cada minuto :)


Bom viagem!!!



Gostou do post? Não? Ficou com dúvidas? Então deixa um comentário aqui embaixo pra gente que será um prazer conversar com você!